Por Francisco Galiza*

O gráfico abaixo avalia a proporção de crescimento da receita dos seguros de pessoas e de automóvel (sem DPVAT) nos últimos anos, tomando como base o ano de 2010. Ou seja, em cada ramo, o valor de 2010 corresponderia a 100 pontos. A opção de extrair o seguro DPVAT do cálculo é para não considerar os ajustes ocorridos nos últimos anos, com queda em tais prêmios.

Na análise dos dados, vemos que o seguro de automóvel passou de 100 para 180 pontos, de 2010 para 2019, em termos de receita. Ou seja, uma variação de 80%. O seguro de pessoas, usando o mesmo raciocínio, cresceu 195%, de 100 para 295 pontos. No período, corrigindo pela inflação (IPCA), a variação foi de 74%. Os números falam por si. Nos últimos anos, o segmento de pessoas foi a opção de maior crescimento. Esse fato já foi comentado em inúmeros textos divulgados no setor. A pergunta que fica agora é: como estaremos nos próximos anos?

Alguns estudos recentes na área de seguros têm comentado que, no longo prazo, após a pandemia passar, o consumidor deve se comportar de modo mais precavido do que era anteriormente. Será que voltaremos a ser como tudo era antes, como se nada tivesse acontecido, como ser essa pandemia tivesse sido apenas um pesadelo? A resposta, a cargo de psicólogos e antropólogos, parece indicar que não. Em termos de mercado, essa postura de maior proteção envolve desde uma maior taxa de poupança até a compra de produtos de seguros de benefícios.

No mercado de seguros, diante desse novo cenário, todos os agentes econômicos envolvidos (sobretudo seguradoras e corretoras) devem estar atentos. Pode ser uma boa oportunidade, tanto em termos de maiores ganhos comerciais, como também assim poder satisfazer as necessidades de seu cliente, desse seu novo cliente.

Enfim, saúde para todos!

*Francisco Galiza é sócio da empresa Rating de Seguros Consultoria (www.ratingdeseguros.com.br), mestre em Economia (FGV), membro da ANSP (Academia Nacional de Seguros e Previdência) e professor do MBA-Seguro e Resseguro (Funenseg).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário.
Por favor, insira o seu nome

O seu comentário será publicação após moderação.