Cropped shot of a businesswoman using a mobile phone in a modern office

Por Francisco Galiza*

Falar do crescimento da venda de remota dos produtos, e não apenas na área de seguros, não é nenhuma novidade. Não é preciso ser economista para detectar essa tendência crescente. A pandemia foi um elemento muito forte a estimular tal crescimento. Vários estudos captaram essa tendência de forma intensa. Por exemplo, em 2020, as vendas on line cresceram 73%, um número ainda mais expressivo pelo momento em questão que vivemos.

Na área de seguros, isso não é diferente. Por exemplo, é bastante interessante citar como ilustração a iniciativa do blog espanhol “iA -innovación asseguradora” desenvolve um estudo semestral bem interessante, denominado “Ranking de Presencia em Internet de Entidades Aseguradoras”. Por exemplo, no primeiro semestre desse ano, foram analisadas 72 seguradoras. Pela metodologia usada, a partir de oito grupos de parâmetros (APP, Web, Blog, Venda on Line, Twitter, Facebook, YouTube e LinkedIn), a metodologia consiste na criação de uma pontuação em cada caso, avaliando então a seguradora em termos de TI. No somatório dessa pontuação, temos um ranking completo das empresas, cálculo esse feito de forma objetiva. Condizente com o avanço tecnológico, os critérios internos dos parâmetros são atualizados periodicamente.

Diretamente relacionado a esse fenômeno é o crescimento de marketing de conteúdo, até para atrair os consumidores, chamar e atrair a atenção. Temos aquela máxima: “No futuro, toda empresa precisará ser uma empresa de mídia”. E esse movimento passa por tecnologia, claro.

O crescimento da tecnologia em seguros se dá em vários níveis e direções. No Brasil, em seguradoras, um exemplo é o projeto da Liberty Seguros, denominado a “Academia Digital” , um treinamento criado para engajar e capacitar corretores a venderem seguros por meio das redes sociais. Uma dica interessante para os corretores de seguros, claro!

Enfim, as referências são muitas e o corretor precisa ficar atento às tendências. Muita saúde a todos.

*Francisco Galiza é sócio da empresa Rating de Seguros Consultoria (www.ratingdeseguros.com.br), mestre em Economia (FGV), membro da ANSP (Academia Nacional de Seguros e Previdência) e professor do MBA-Seguro e Resseguro (Funenseg).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário.
Por favor, insira o seu nome

O seu comentário será publicação após moderação.